PE CONTRA O CORONAVÍRUS

terça-feira, 9 de abril de 2013

Novas informações sobre a ação do Ministério Público e Polícia Militar em Garanhuns


Do Blog do Programa Combate

Quatro pessoas foram presas em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, suspeitas de desviar cerca de R$ 270 mil em verba pública do Hospital Regional Dom Moura, uma das mais importantes unidades de saúde da região. Entre os presos está uma ex-diretora do hospital, Maria Emília Pessoa. A operação foi realizada pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e pela Polícia Militar (PM). A Corregedoria Geral da União esteve acompanhando a operação do Ministério Público e prevê uma auditoria nas contas do hospital.

A ex-diretora do hospital que foi presa comandou a unidade de saúde de 2007 a 2012. Além delas foram presos um auxiliar administrativo, Lúcio Ferreira; um ex-vigilante, Marcone Araújo, que seria usado como "laranja" e a mulher do ex-vigilante, Maria Veridiana, que ainda trabalha no departamento financeiro do Hospital Dom Moura.

Durante a ação, também foram apreendidas câmeras fotográficas, notebooks, pendrives e outros materiais que serão analisados pelos promotores e equipe técnica. "Podemos solicitar outras prisões, se nós entendermos que houve mais recursos desviados além desses R$ 270 mil", disse o procurador-geral da Justiça, Aguinaldo Fenelon.

(G1/Programa Combate)

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.